Entenda bem melhor os seus dentes

Apesar das melhores maneiras de se escovar os dentes e os cuidados com a saúde bucal terem sidos ensinados desde pequeno, não é comum você aprender sobre a estrutura dos seus dentes. Eles são essenciais durantes as refeições que você faz, lhe ajudando na hora de morder, triturar e mastigar os alimentos. Alem disso, eles também vão influenciar na fala da pessoa e na aparência. A seguir, compreenda melhor os seus dentes.

A grande maioria dos adultos tem mais ou menos 32 dentes permanentes, sendo: oito deles pontiagudos, quatro dentes caninos, oito dentes pré-molares e doze dentes molares (isso incluindo os quatro dentes do siso). A coroa dos dentes esta localizada na parte maior que é visível para nós. A forma dessa coroa nos ajuda a definir qual será o objetivo do dento como, por exemplo: os dentes interiores são os dentes mais afiados que tem a função de cotar os alimentos porem os dentes molares, que são mais planos, tem o papel de triturar a comida que esta sendo ingerida. A outra parte do dentes é a raiz, que mantém firme o dente colocado no osso.

A linha que une os dentes a gengiva é um locar que se deve ter uma atenção redobrada na hora de se fazer a higiene bucal, pois é nessa região que costuma formar a famosa placa bacteriana e o tártaro, isso de fato trás muito problemas bucais, um desses problemas que surge é a gengivite.

E como é esse alicerce dental? Todos os dentes são formados por: dentina, esmalte e polpa. Entenda mais sobre este assunto:

Esmalte do dente: esse esmalte fica na camada externa da superfície dentaria, é duro, mais pode ser danificado por conta de uma ma higienização bucal, feita de maneira incorre, ao comermos os alimentos ácidos e muito pigmentados.

Dentina: ela fica logo abaixo do esmalte. Nela, tem milhões de pequeninos túbulos que direto para a polpa do dente.

Polpa: este é um tecido mole que fica no cento do dente, ali você vai encontrar os nervos e os vasos sanguíneos. Quando a carie chega nesse ponto, sentimos fortes dores.